Praia do Guincho, Cascais

Chasing your hidden time – Em busca do tempo escondido

Follow my blog with Bloglovin

Imaginem se um dia descobrissem que tinham mais tempo do que pensavam.

Como expliquei anteriormente, as microaventuras não são tarefas hercúleas, reservadas aos mais intrépidos. Trata-se simplesmente de fazer o melhor possível com os recursos que temos, ainda que pareçam parcos.

Frequentemente temos tendência para achar que “não temos tempo” porque trabalhamos o dia todo, das 9h00 às 18h00. Todavia se pensarmos bem, a maior parte do dia acontece das 18h00 às 9h00. Bem sei que precisamos de dormir (idealmente 8 horas), mas ainda assim sobram várias horas que podemos usar como quisermos. A questão é que muitas vezes assumimos que um dia de trabalho é só mesmo isso, e afundamo-nos nas tarefas rotineiras de casa, tratar dos filhos, ver um pouco de televisão, e cair na cama exaustos e desanimados, com a sensação de termos tido mais um dia cinzento e insignificante.

Imaginem se um dia fosse diferente. Imaginem se um dia saíssem do trabalho às 18h00 e, aproveitando que os dias começam a ser cada vez mais longos, em vez de ir para casa iam viver uma microaventura! Apesar de nos últimos dias o tempo ter mostrado um ar cinzento e chuvoso, a minha sugestão seria realizar esta microaventura na praia!

Porquê a praia?

Se pensam que a praia só é utilizável no Verão ou nos maravilhosos dias de sol de Inverno, pensem outra vez, porque há um enorme potencial a ser desperdiçado. Num dia de Inverno cinzento e chuvoso as praias estão normalmente vazias, e continuam a ser locais de extrema beleza e diversão. Eu sei disso porque é nessas alturas que aproveito para usufruir delas em todo o seu esplendor e sem grande concorrência. Mas qual o interesse de ir à praia com chuva?” Perguntarão os mais céticos. Pois bem, é isso que esta microaventura vai mostrar.

O que precisam:

  • Roupa quente e um casaco impermeável por cima;
  • Galochas de borracha: têm mesmo que ser totalmente impermeáveis porque se vão molhar!

O que fazer:

  • Chegar à praia e observar o espetáculo deserto e selvagem da chuva a fundir-se com ondas, enquanto estas se espumam livremente na areia intocada;
  • Correr pela areia em direção ao mar, deixando o que provavelmente será o único rasto de pegadas;
  • Entrar sem medo no mar, aproveitando a impermeabilidade do calçado. Ao avistar a próxima onda há que retroceder, de modo a evitar que a água chegue mais alto do que o cano das galochas.
  • E esta é a ideia: jogar à apanhada com as ondas!
  • Durante 20 a 30 minutos divirtam-se a saltitar na água salgada, patinhar na espuma, correr para evitar uma molha a sério de uma onda maior.

Parece divertido? Asseguro que é ainda mais do que parece. É relaxante e libertador; todo o stress fica dissolvido na espuma das ondas 🙂 No final vão regressar a casa, apenas meia hora mais tarde do que o habitual, mas jamais com a sensação de terem passado um dia banal, por muito cinzento que esteja o céu.

Variação:

Se têm crianças, experimentem trazê-las para participar nesta microaventura!

____________________

Chasing your hidden time

Imagine if one day you found that you had more time than you thought.

As mentioned before, microadventures are not extenuous tasks, accessible only to the bravest ones. On the contrary, it’s all about taking the most of whatever you have, even if it seems scarce.

Often we tend to say we “don’t have time”, because we work all day from 9am to 6pm. However if we think, most of the day unfolds from 6pm to 9 am. I know we also need 8 hours of sleep, but there are still many hours left for us to use as we please. The issue is that sometimes we assume that a work day is just that, and we sink ourselves in our daily tasks: making dinner, putting children to sleep, watching a little TV, and dropping dead on the bed with the unfulfilling sensation of a crushing meaningless day behind.

Imagine if one day it was different. Imagine if one day you left your workplace at 6pm, but instead of going home, you went on a microadventure! In spite of the rainy weather that showered us in the last days, my suggestion of microadventure is on the beach!

Why on the beach?

If you think the beach is only available in Summer or in gorgeous sunny Winter days, think again, because a huge potential is being thrown away.

In a rainy Winter day beaches are usually empty, and they are still places of extreme beauty and fun. I know this, because I take those times to indulge in having the spot all for myself. “But what’s the point in going to the beach if it’s raining?” That’s what you’ll find out with this microadventure.

What you need:

  • Warm garments topped with a rain proof coat
  • Rubber boots: they really need to be completely water proof, since they’re going to get wet for sure.

What to do:

  • Arrive at the beach and behold the magnificent show of rain and sea water mingling together in a wild and desert scenery.
  • Run in the untouched sand, leaving behind you what is likely to be the only set of footprints.
  • Get into the sea. Go fearlessly until the water touches the middle height of your boots. When the next wave comes, make sure you draw back to prevent it from going higher that the top of your boots.
  • That’s the idea: play catch with the waves!
  • For 20 to 30 minutes enjoy yourself jumping in the shallow water, stepping on the sea foam, running back to prevent getting wet by a bigger wave.

Looks like fun? I assure it’s even more fun than is seems. It’s relaxing, sets your mind free, and washes your stress away 🙂

At the end you’ll go back home, just 30 minutes latter than usual, but with the rewarding feeling of a great day behind, no matter how grey the skies are.

Variation:

If you have children, try bringing them along in this microadventure!

Praia de Caxias, Oeiras

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s