5 reasons why Asturias should be on your bucket list

Please click here for English version

5 razões para visitar as Astúrias

As Astúrias, província no norte de Espanha, são uma região muito popular para quem gosta de turismo de natureza, pois contém parte do Parque Natural dos Picos da Europa e a bela costa do Golfo da Biscaia. Fica a 8 horas de carro de Lisboa e 5h30 do Porto. Se forem de avião, o aeroporto mais próximo é em Castrillón, que fica a cerca de 40 minutos de Oviedo e 1h30 de Cangas de Onís.

Continuem a ler para descobrir por que razão este sítio fantástico deve estar na vossa lista de desejos.

MaP_Astúrias_0

A SIDRA

A sidra, bebida tradicional das Astúrias, é feita com maçãs locais fermentadas, mas mantém um baixo teor alcoólico (4% to 6%). O resultado é uma bebida leve e ligeiramente adocicada, ideal para tomar numa tarde de verão ou para saborear após uma caminhada nos Picos da Europa.

Ao visitar uma “sidraria”, o “escanciador” serve-nos a bebida com o ritual tradicional. O mesmo consiste em, segurando o copo com uma mão e a garrafa de sidra com a outra, elevar a garrafa acima da cabeça e deixar cair a sidra no copo (alguma quantidade de bebida vai inevitavelmente cair no chão :P). Ao cair de uma altura grande para o copo, a sidra vai produzir algum gás, que dizem ser essencial para libertar os seus melhores sabores. Há ainda mais regras: o copo nunca pode ser cheio, pelo contrário, apenas pode conter um golo de sidra, que deve ser bebido de imediato para evitar que o sabor oxide.

MaP_Asturias_3

O QUEIJO

Para além da sidra, as Astúrias são também famosas pelo queijo, devido à sua diversidade e qualidade artesanal. Os queijos asturianos são feitos com leite de cabra, vaca ou ovelha, puros ou misturados entre si. Isso resulta numa variedade de sabores e texturas, de queijos suaves e cremosos, a outros duros e picantes, como é o caso do Cabrales, o mais popular de todos. Estes queijos regionais encontram-se em qualquer loja ou café; por isso é quase obrigatório prová-los ao visitar as Astúrias. O que por acaso fica muito bem acompanhado por uma garrafa de sidra 😉

MaP_Asturias_1

AS VILAS PITORESCAS DOS PICOS DA EUROPA

Conduzir à volta dos Picos da Europa é espetacular! Apesar das estradas de montanha estreitas e cheias de curvas, vale a pena porque passamos por imensas vilas e aldeias típicas.

Uma das mais populares é Cangas de Onís, do lado ocidental do Parque Natural. Tem vários hotéis e restaurantes, e a famosa ponte romana com a cruz pendurada. É um bom sítio para nos servir de base, pois tem todas as infraestruturas. Do lado oriental está Potes, uma vila encantadora com o estilo tradicional asturiano. É popular essencialmente por estar próxima do teleférico de Fuente De. Do lado sul encontra-se Posada de Valdeon. É menos turística do que as anteriores, mas vale a pena visitar, sobretudo se se quiserem aventurar pela bonita Via Ferrata de Valdeon.

Para além destas vilas, há ainda inúmeras aldeias encantadoras, aninhadas pelas encostas acentuadas das montanhas. Dois exemplos são Sotres e Tresviso, onde as tradicionais casas de granito, com as varandas e os alpendres de madeira, se aglomeram praticamente isoladas do mundo exterior, como se fossem cristais preciosos preservados do tempo. Parem nestas aldeias para tomar um copo de sidra e comer um pouco de queijo, e vão ficar encantados com a qualidade da comida e com a simpatia das pessoas.

MaP_Asturias_2
Cangas de Onís

A COSTA

Referi as principais vilas de todos os lados dos Picos da Europa, mas deixei as do norte para este capítulo, porque a norte do Parque Natural fica a costa do Golfo da Biscaia. Há várias cidades, como Llanes e Ribadesella, onde podemos sentir o espírito da costa, mas a minha recomendação vai mais para ocidente, para o Cabo Peñas. Não é propriamente uma cidade, mas sim um local onde a terra termina em falésias espetaculares, com as montanhas como pano de fundo. É maravilhoso, pois enfatiza um dos melhores aspetos das Astúrias: a proximidade entre as montanhas e o mar. Se quiserem ir até ao Cabo Peñas, demora cerca de 1h30 desde Cangas de Onís e cerca de 1h desde Oviedo.

MaP_Asturias_6
Cabo Peñas

AS MONTANHAS

Não é necessário dizer que deixei a minha parte favorita para o fim 🙂 As montanhas dos Picos da Europa proporcionam paisagens lindíssimas, que podem ser admiradas de longe, caminhando entre elas ou subindo aos seus cumes. Hoje deixo-vos apenas com algumas fotografias que procuram humildemente dar uma ideia da sua beleza e grandiosidade; e na próxima semana partilharei convosco algumas dicas de como explorar os trilhos dos Picos da Europa.

Tenham uma boa semana 🙂

MaP_Asturias_7

MaP_Asturias_10
Path to Tresviso

Clique aqui para a versão em Português

5 reasons why Asturias should be on your bucket list

Asturias is a region in the north of Spain, very popular for those who love nature tourism. It encloses part of the Natural Park of Picos de Europa, and the beautiful coast of Biscay Gulf. To get there it takes about 8 hours driving from Lisbon and 5h30 from Porto. If you’re traveling by plane, the nearest airport is in Castriḷḷón, which is about 40 minutes from Oviedo and 1h30 from Cangas de Onís.

Read on to find out why this amazing place belongs on your bucket list.

MaP_Asturias_8

THE CIDER

Cider is the traditional drink of Asturias. It is made of locally grown Austrian apples, which are fermented, but remain with a low alcohol content (4% to 6%). The result is a light, slightly sweet drink, ideal for a warm summer afternoon, or to enjoy after a hike in Picos de Europa.

When we go to any cider bar, the waiter (or escanciador) will serve us with the traditional ritual, called escanciar. It consists in, holding a glass in one hand and the bottle of cider in the other, raising the bottle above his head, and then letting the cider fall all the way into the glass (some of it will inevitably be spilled on the floor around :P). On falling from the height into the glass, the cider produces some foam, which is said to be necessary in order to release its best flavors. There are more rules to it: the glass should never be filled, on the contrary it should only contain a sip of cider, and we should drink it immediately to avoid the flavor going off.

MaP_Asturias_9

THE CHEESE

Besides the cider, Asturias is also famous for the cheese, due to their diversity and great artisanal quality. Asturian cheeses are made from cow, sheep or goat milk, alone or mixed. That results in a variety of flavors and textures, from mild and creamy to strong and tangy, as is the case of Cabrales, the most popular of them all. We can find these regional cheeses in almost any store or bar. So, when you visit Asturias, it is a must to taste a mixed platter of this specialty, which by the way goes very well with a bottle of cider 😉

THE PICTURESQUE TOWNS OF PICOS DE EUROPA

Driving around in Picos de Europa is super nice; because in spite of the tiny, windy mountain roads, we get to pass through so many picturesque towns and villages!

One of the major and most popular ones is Cangas de Onís, on the western side of the Natural Park. It has several hotels, restaurants and the famous roman bridge with the hanging cross. It’s a good place to set our base camp, because it has all the infrastructures. On the eastern side we have Potes, a charming town in the traditional Asturian style. It’s very popular, because it’s so close to the cable car of Fuente De. On the southern side is located Posada de Valdeon. It’s less touristy than the others, but totally worth, particularly if you want to challenge yourself in the beautiful Via Ferrata de Valdeon.

Besides these towns, there are many enchanting small villages, tucked among the mountains. Like Sotres or Tresviso, where the traditional houses made in granite, with their wooden balconies and porches, lie almost isolated from the outside world, as if they were precious crystals preserved from time. Stop in these villages for a cup of cider and a plate of cheese, and you will be amazed with the quality of the food and the kindness of the hosts.

MaP_Picos de Europa_16

THE COAST

I mentioned the major towns in all the other sides of Picos de Europa, but I left the northern ones to this chapter, because north of the Natural Park is the coast of Biscay Gulf.

There are several towns, like Llanes or Ribadesella, where we can feel the coastal vibe, but my strongest recommendation goes further west to Cabo Peñas. That’s not exactly a town, but a place where the land ends in dramatic cliffs, with the mountains as background. It’s so beautiful, because it showcases one of the wonders of Asturias, the closeness of the mountains to the sea. If you want to go to Cabo Peñas, it takes about 1h30 from Cangas de Onís and about 1h from Oviedo.

MaP_Asturias_5
Cabo Peñas

THE MOUNTAINS

Needless to say that I saved my favorite part for last 🙂 The mountains of Picos de Europa provide magnificent landscapes that can be admired from afar, by hiking across them or by climbing to their tops. Today I’ll leave you only with some pictures, that humbly try to illustrate their beauty and greatness; and next week I’ll share some tips on how to explore the trails of Picos de Europa.

Have a nice week 🙂

Follow my blog with Bloglovin

MaP_Asturias_11
Senda del Cares

MaP_Picos de Europa_15

One thought on “5 reasons why Asturias should be on your bucket list

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s