How to make the most of one day in Moscow

Please click here for English version

Como aproveitar ao máximo um dia em Moscovo

Na nossa última viagem à Rússia, fizemos escala em Moscovo e quisemos aproveitá-la ao máximo. Isso exigiu alguma pesquisa e preparação prévias, mas no final o resultado foi muito bom. Não só conseguimos ver os principais pontos-chave, como ainda tivemos a oportunidade de passear à vontade para sentir a cidade e as pessoas.

Caso também tenham a oportunidade de passar um dia em Moscovo, deixo-vos aqui 5 dicas que creio que vão tornar a vossa vida mais fácil.

MaP_Moscow_1

Como ir do aeroporto para o centro da cidade

Há duas opções a considerar: Táxi ou Comboio

Táxi

É a opção mais conveniente e confortável, e está disponível 24 horas por dia. Demora cerca de 45 minutos a 1h30 dos aeroportos de Sheremetyevo ou Domodedovo até ao centro da cidade, dependendo do trânsito; e podem (e na minha opinião devem) fazer uma reserva antecipada. Nós escolhemos reservar com a Lingo Taxis e o serviço foi extraordinário! A única desvantagem do táxi é que se houver demasiado trânsito, podemos demorar até 2 horas a chegar à cidade.

Comboio (Aeroexpress)

A vantagem desta opção é que é rápida (35 minutos desde Sheremetyevo e 45 minutos desde Domodedovo) e os horários são previsíveis, sem influência do trânsito. A desvantagem é que se quiserem ir para um sítio que seja longe da estação, vão ter que apanhar um transporte complementar, como metro ou táxi. Além disso o comboio só opera entre as seis da manhã e a meia noite, pelo que se chegarem fora deste horário, não é uma opção viável.

MaP_Moscow_9
Nikolskaya Street

Onde ficar

A cidade de Moscovo está construída em círculos à volta do centro, onde estão localizados os principais pontos de interesse. Por isso, a minha recomendação é escolher um hotel que dê para ir a pé até à Praça Vermelha. Se se quiserem mimar com uma experiência requintada, podem escolher, por exemplo, o hotel Savoy ou o Marriott Royal Aurora, ambos muito bem localizados e com um serviço de excelente qualidade.

O que visitar

É muito fácil visitar Moscovo, já que a maioria dos pontos de interesse estão concentrados na mesma área, o que faz com que seja possível visitá-los todos a pé. No entanto, se quiserem descobrir mais factos interessantes sobre a cidade e os monumentos (sem ser demasiado longo e chato), façam um free tour. Estas visitas guiadas começam todos os dias às 10h45, e são uma excelente forma de ter uma introdução informativa sobre a cidade. Para se inscreverem basta fazê-lo no site e aparecerem no local e hora referidos aquando da reserva.

MaP_Moscow_8
GUM Department Store

O free tour termina na Praça Vermelha, o coração de Moscovo, onde se concentra a maioria dos pontos turísticos, tais como:

  • O Kremlin
  • Museu Histórico do Estado
  • Catedral Kazan
  • Catedral de S. Basílio
  • O centro comercial GUM
  • O Teatro Bolshoi
  • O parque Zaryadye

Depois de visitarem estes pontos, podem apanhar o metro e ir até à rua Arbat (estação de metro Arbatskaya) e ao mercado Izmailovo (estação de metro Partisanskaya), dois bons sítios para fazer compras e passear. As estações de metro, por si só, são também dignas de visita (não apenas estas duas, mas no geral em Moscovo), pois têm decorações sumptuosas que as tornam verdadeiros monumentos e obras de arte intemporais.

MaP_Moscow_6
Metro Station

O que comer e onde

A gastronomia russa é bastante diferente do que estou habituada em casa, por isso demorei algumas refeições até encontrar as minhas opções favoritas. No final fiz a seguinte lista com os meus pratos de eleição:

Ao pequeno-almoço

Blini, a minha opção favorita! É uma espécie de crepes com compota de fruta, natas ou qualquer topping que queiram. É mesmo muito bom 🙂

Syrniki, uma espécie de pãezinhos ou panquecas fritas feitas de queijo quark. O sabor é uma mistura peculiar de doce e azedo, e pode ser acompanhado de compota ou natas.

Porridge. Normalmente não sou muito fã deste tipo de papas, mas na Rússia acabei por comer bastantes vezes e até gostei. Não tenho a certeza de que como era feita, mas sabia a arroz doce com manteiga, e a textura cremosa dava uma sensação de conforto caseiro.

Ao almoço e ao jantar

Saladas. Todos os almoços começavam com uma salada fresca e colorida, com pepino, pimentos, tomate, entre outros. Era leve e delicioso.

Cogumelos e legumes grelhados. Dado que não como carne, por vezes esta era a alternativa, e bastante saborosa 😉

Sopa. Fosse de beterraba, cogumelos, couve ou outros vegetais, as sopas eram muitíssimo saborosas e faziam lembrar comida da avó.

Empadas. A maioria das vezes tinham recheio de carne, pelo que não posso comentar o seu sabor, posso só dizer que tinham muito bom aspeto. Algumas vezes encontrei versões vegetarianas e adorei!

MaP_Moscow_4
Dinner in Moscow

Agora, onde encontrar estas iguarias tradicionais e deliciosas em Moscovo? Só estivemos um dia na cidade, pelo que não fizemos uma pesquisa intensiva, mas encontrámos dois restaurantes bons e com preços razoáveis, que posso recomendar: o Mu-Mu e o Grabli. São ambos cadeias de restaurantes locais, pelo que há vários pela cidade; só têm que escolher um que seja próximo do sítio onde se encontram e saborear uma refeição deliciosa.

O que comprar

Como referi atrás, a rua Arbat e o mercado Izmailovo são dois bons locais para comprar recordações de Moscovo. A primeira é uma rua longa, com uma loja em cada porta; é bastante turística, mas as lojas estão abertas todos os dias. Já o mercado Izmailovo é um pouco mais afastado do centro da cidade (é necessário apanhar o metro até à estação Partisanskaya); é um mercado colorido que decorre num recinto lindíssimo que parece um parque de diversões dos livros infantis, mas só funciona ao fim-de-semana e à quarta-feira. Podem sempre visitar o recinto nos outros dias, para ver o aspeto encantador dos edifícios que vale a pena por si só, mas tenham em conta que só vão encontrar poucas lojas abertas.

De entre todas as recordações tradicionais que se podem levar da Rússia, eu rendi-me aos chocolates locais Alenka. Preferi comprá-los avulso, porque são coloridos e bonitos; e uma vez que as etiquetas estão em russo, nunca sei que recheio estou a escolher, por isso é sempre uma surpresa 😛 (mas uma boa surpresa!)

MaP_Moscow_2
Izmailovo Market

Espero que tenham achado estas dicas úteis. E se tiverem mais alguma sugestão para tornar uma visita a Moscovo ainda mais memorável, por favor partilhem nos comentários.


Clique aqui para a versão em Português

How to make the most of a day in Moscow

In our last trip to Russia, we had a short stopover in Moscow, and we really wanted to make the most of it. It took some research and preparation, but in the end the result was quite good. Not only did we get to see all the key highlights, as we also got the chance to feel the city and its people.

Should you also want to spend one day in Moscow, here are 5 essential tips that will surely make your life easier.

How to go from the airport to the city

There are two main options to consider: Taxi or Train.

Taxi

It’s the most convenient and comfortable option, and is available 24h. It takes about 45 min to 1h30 to get from Sheremetyevo or Domodedovo airports to the city center, depending on the traffic, and you can (and in my opinion should) book it in advance. We chose to book with Lingo Taxis and the service was great! The downside of this option is that if there is too much traffic, then you might take up to 2 hours to get to the city.

MaP_Moscow_10

Train (Aeroexpress)

The upside of this option is that it’s fast (35 min from Sheremetyevo and 45 min from Domodedovo) and schedules are predictable, without the influence of traffic jams. The disadvantage is that if you need to get to some place that is not close to the train station, then you’ll have to take an additional transport, like metro or taxi; and it only runs from 6 am to midnight, so if you arrive outside this time frame, it won’t be available.

Where to stay

Moscow is built in circles around the center, where most of the highlights are located. So, my recommendation would be to choose an hotel that is walking distance to the Red Square. If you want to pamper yourself with a fine hotel experience, consider for example the Savoy or Marriott Royal Aurora, both very well located and with an excellent service and accommodation quality.

MaP_Moscow_7

What to visit

It’s quite easy to visit Moscow, as many of the most important highlights are located close together, making it possible to just walk and see them. However, if you want to discover some interesting details about the history of the city and the monuments (without being too long and boring), take a free tour. These guided tours start every day at 10h45 am and are a great way to have an insightful introduction to the city. You just need to pre-register on the website and show up at the referred time and location.

The free tour ends at the Red Square, the heart of Moscow, where most of the touristic points of interest are located, such as:

  • The Kremlin
  • State Historical Museum
  • Kazan Cathedral
  • St Basil’s Cathedral
  • GUM, the State Department Store
  • Theatre Bolshoi
  • Zaryadye Park

After visiting these spots, you may take the metro and go to Arbat street (metro station Arbatskaya) and Izmailovo market (metro station Partisanskaya), two good places for shopping and city walking. The metro stations themselves (not only these ones, but all in general in Moscow) are totally worth paying a visit, for they are true monuments and pieces of art of astonishing timeless beauty.

MaP_Elbrus_9
State Historical Museum

What to eat and where

Russian cuisine is quite different from what I have at home, so it took me a couple of meals to figure out my preferred options. In the end I compiled a list of my favorites, which goes like this:

For breakfast

Blini, my top choice! It’s a kind of pancake topped with fruit jam, sour cream, or any topping you like. It’s super good 🙂

Syrniki, a kind of bun or fried pancake made of quark cheese. The flavor is a funny mix of sweet and sour, and it can be garnished with sour cream or sweet jam.

Porridge. Usually I’m not a big fan of porridge, but during my time in Russia I found myself eating it quite a lot and actually enjoying. I’m not sure how it is prepared, but it tasted like sweet rice with butter, and the soft texture felt comforting and hearty.

For lunch and dinner

Salads. All lunches started with a colorful and fresh salad with cucumber, peppers, tomato and more. It was light and delicious.

Grilled mushrooms and vegetables. As I don’t eat meat, sometimes this was an alternative, and a very tasty one 😉

Soup. Made of beetroot, mushrooms, cabbage or any other vegetable, the soups were tasty and felt like grandma’s food.

Small pies. Most of time they were filled with meat, so I cannot speak for the flavor, although they looked really good. A couple of times I found vegetarian versions and I loved them!

Now, where to find these traditional and delicious dishes in Moscow? Being only one day in the city, we didn’t do an extensive research, but we found two good and affordable restaurants that I recommend you try: Mu-Mu and Grabli. They are both restaurant chains, so there are several of each all over the city; just pick one that suits your location, and enjoy your meal.

MaP_Moscow_5
Grabli Restaurant

What to Shop

As I mentioned before, Arbat street and Izmailovo market are two good spots for shopping Russian souvenirs. The first is a long street with shops in every door; it’s a bit too touristy, but the shops are open everyday. Izmailovo market is further away from the center (you need to take the metro to Partisanskaya station); it’s a colorful flea market held in a beautiful fun-park-like place, but is only working at the weekends and on Wednesday. You can still visit the place on the other days to see the charming buildings, just bear in mind that there will only be a few shops open.

Amongst all the traditional Russian souvenirs, I surrendered myself to the local Alenka chocolates. I chose to buy them assorted, because they are colorful and pretty; and since the labels are in Russian I never know what filling I’m picking, so it’s always a surprise 😛 (a good one though!)

MaP_Moscow_3
Alenka chocolates

Hope you find these tips helpful. And if you have some other insights to make an experience in Moscow even more memorable, please share them on comments.

Follow my blog with Bloglovin

2 thoughts on “How to make the most of one day in Moscow

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s