A year of microadventures

Please click here for English version

Um ano de Aventuras

Uma das coisas que mais gosto em Dezembro, para além do Natal e da minha lareira, é a perspetiva que se começa a esboçar de um novo ano, cheio de oportunidades para fazer grandes planos. E com isso vem a inevitável revisão do ano que está a acabar, que no meu caso se traduziu num resumo das melhores microaventuras. Deixem-me partilhar convosco o top 5.

MaP_Year of Adventures

Paris

A única viagem que não envolveu montanhas, e onde a única coisa que subimos foram os cerca de 300 degraus até ao topo do Sacre Coeur.

Factos engraçados sobre esta viagem:

  • Foi um simpático presente de aniversário
  • Não levei as minhas botas de caminhada (o que a princípio me deixou nervosa)
  • Foi inesperadamente bonita no sentido convencional (que para mim é não convencional)
MaP_Paris Special Trip_15
Overview of Paris from the Sacre Coeur Dome

Serra da Estrela

Foi a primeira viagem para relaxar e recarregar que fiz nos últimos anos (#relaxandrecharge). O plano era simplesmente passar o dia na piscina e no spa, a ler a dormitar. Comecei por ficar um pouco apreensiva, com receio de morrer de tédio devido ao excesso de inatividade, mas não só isso não aconteceu, como na verdade adorei essa microaventura!

Factos engraçados sobre esta viagem:

  • Pude relaxar e recarregar baterias, que bem precisava
  • Estava a ler um livro espetacular (Harry Potter and the Deathly Hallows ;)), que foi uma ótima companhia e ajudou bastante a passar o tempo.
  • Ainda conseguimos acomodar nesse fim-de-semana uma caminhada pequena, mas épica até ao topo da Serra da Estela, pelo chamado quilómetro vertical.

MaP_Unplugging_6

Picos da Europa

Umas belas férias de trekking à boa maneira que eu adoro, e pelas quais tanto ansiava! Foram cerca de quatro dias e quatro caminhadas pelo coração do magnífico parque natural dos Picos da Europa.

Factos engraçados sobre esta viagem:

  • Encarámos estas férias como um treino para a nossa expedição seguinte, ao Elbrus.
  • O tempo não estava perfeito, mas aproveitamo-lo ao máximo.
  • Soube mesmo bem estar de volta à minha zona de conforto, com as botas de caminhada nos pés e as montanhas no horizonte.

MaP_Asturias_7

Elbrus

A nossa expedição mais épica até agora, pois levou-nos ao ponto mais alto da Europa, a 5642m de altitude. Foi tão desafiante como compensador, e fez-me desejar mais experiências semelhantes.

Factos engraçados sobre esta viagem:

  • A subida ao Elbrus nem devia estar nesta lista, porque foi mais uma macro do que uma microaventura.
  • Levou-nos a superar os nossos limites e a ir mais longe do que alguma vez tínhamos conseguido, em vários sentidos.
  • Foi uma boa combinação de trekking, com uma pausa citadina para conhecer a mítica cidade de Moscovo.

MaP_Elbrus_6

Açores

Foi uma viagem de estilo familiar, e a primeira vez que viajei com um bebé.

Factos engraçados sobre esta viagem:

  • Quando se viaja com um bebé, há montes de coisas a ter em atenção, que podem parecer uma limitação. Mas há também a vantagem de termos direito a atenção especial em todos os serviços, e prioridade a embarcar no avião 🙂
  • Os Açores fazem-me tomar consciência que o nosso país é como uma terra encantada de beleza sem precedentes.
  • Subimos o Pico, a montanha mais alta de Portugal, e assim completámos uma série de 3 cumes num ano: a Serra da Estrela, a mais alta de Portugal continental; o Pico, o mais alto de Portugal; e o Elbrus, o mais alto da Europa!

MaP_Açores_5

Sinto-me satisfeita com as micro e não-tão-micro aventuras que tive o privilégio de viver este ano; é isso que torna a vida extraordinária! No próximo ano quero continuar a colecionar microaventuras, e espero inspirar-vos a fazer o mesmo, para aproveitarmos a melhor versão das nossas vidas!


Clique aqui para a versão em Português

A Year of Adventures

One of the things I like the most about December, besides Christmas and my fireplace is the prospect that starts to reveal of a brand new year ahead, full of opportunities to make great plans. And with that, comes the inevitable review of the year that is ending, which in my case led to a summary of the best microadventures. Let me share with you the top 5.

Paris

The only trip that didn’t involve mountains, and during which the only thing we climbed were the 300 or so stairs to the top of Sacre Coeur.

Cool facts about this trip:

  • It was a thoughtful birthday gift.
  • I didn’t take my trekking boots (which made me nervous at the beginning).
  • It was unexpectedly beautiful in a conventional way (which is unconventional for me).

MaP_Love Paris_11

Serra da Estrela

It was my first relax and recharge trip in many years (#relaxandrecharge). The plan was to just wander by the pool and the spa, reading and napping all day. I was a little worried that it would bore me to death, but in fact it didn’t and I actually loved it!

Cool facts about this trip:

  • I was able to relax and recharge, which I needed a lot.
  • I was reading an exciting book (Harry Potter and the Deathly Hallows ;)), that was a great company and time killer.
  • We still managed to accommodate a small, yet epic hike to the top of Serra da Estrela, through a route called “the vertical mile”.

MaP_Unplugging_5

Picos de Europa

A good old pure trekking holiday, for which I was so looking forward to! We had about four days and four different hikes amidst the magnificent natural park of Picos de Europa.

Cool facts about this trip:

  • We faced it as a training for our next expedition to Elbrus.
  • The weather was not perfect, but we still made the most of it.
  • It felt so good to be back at my comfort zone, with the trekking boots on my feet and the mountains ahead.

MaP_Asturias_8

Elbrus

The most epic expedition do far, that took us to the highest peak of Europe, at 5642m. It was as challenging as rewarding, and clearly made me long for more similar experiences.

Cool facts about this trip:

  • It should hardly be in this list, because it is more a macro than a microadventure.
  • It stretched our limits and made us go further than before, in many senses.
  • It combined trekking in Caucasus with a pleasant city break in the mystic Moscow.

MaP_Elbrus_13

Açores

It was a family type trip, and my first experience of traveling with a baby!

Cool facts about this trip:

  • When we travel with a baby, there are lots of details to look after that might seem to hold us back, but there is the perk of always getting special attention in services and priority boarding in the plane 🙂
  • The Azores just make me realize that our country is a magic land of unmatched beauty.
  • We climbed Pico, the highest mountain of Portugal, and thus we completed a series of 3 summits in one year: Serra da Estreala, the highest of Portugal mainland; Pico, the highest of Portugal; and Elbrus, the highest of Europe!

MaP_Açores_15

I feel happy with the micro and the not-so-micro adventures that I had the privilege of living this year, they are what makes life extraordinary! Next year I want to continue gathering meaningful microadventures, and hope to inspire you to do the same, in order to embrace the best version of our lives!

Follow my blog with Bloglovin

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s